• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Cara a Cara (Liderança)

Postado por Marco Fabossi Fevereiro - 7 - 2016 0 Comentário

facetoface  Steve Jobs, apesar de ser um “cidadão digital” e demonstrar certo potencial para “isolar-se” das pessoas, era um forte defensor do contato cara a cara, e comentava:
– Na era conectada em que vivemos, há uma propensão a achar que é possível desenvolver ideias por e-mail ou conversas virtuais. Isso é um absurdo! A criatividade vem de encontros fortuitos, de conversas inesperadas. Você cruza com alguém, pergunta o que anda fazendo, diz “uau!” e, em pouco tempo está tendo toda sorte de ideias.
Jobs detestava apresentações formais, mas adorava encontros cara a cara, descontraídos. Reunia a equipe executiva toda semana para discutir ideias sem nenhuma pauta formal. Nas quartas, pela tarde, fazia o mesmo com a equipe de marketing e publicidade. Slides eram proibidos. E dizia:
– Detesto o modo como as pessoas usam apresentações com slides em vez de pensar. Se havia um problema, as pessoas já pensavam em criar uma apresentação. Eu queria que elas se envolvessem, que trocassem ideias ali na hora, e não que mostrassem um punhado de slides. Quem sabe o que está falando não precisa de Power Point!

(Extraído do Texto de Walter Isaacson, autor da biografia de Steve Jobs)

Em meu trabalho diário com líderes, é comum ouvir a seguinte pergunta:
– Por que profissionais altamente capacitados, que poderiam trabalhar em qualquer outro lugar, preferiam continuar trabalhando com Steve Jobs, mesmo sendo ele um líder impaciente, petulante, grosso e duro com as pessoas?
O que você acha? Cada pessoa tinha seus próprios motivos, mas certamente entre eles estavam a certeza de que Jobs seria absolutamente sincero e transparente com eles, e também a convicção de que sob sua liderança eles se tornariam ainda melhores e que contribuiriam para a construção de algo grande e revolucionário.
Meu objetivo aqui não é defender ou criticar o estilo de liderança de Jobs, mas chamar a atenção para coisas muito importantes que nossos líderes, talvez influenciados pela pressão por resultados de curto prazo, pela velocidade das mudanças e pelo avanço da tecnologia, têm deixado de lado, distanciando-os das pessoas e dos melhores resultados.
Por isso, permita-me lembra-lo de pontos simples, porém importantíssimos, e que farão toda diferença em sua liderança:

  1. Liderança é sinônimo de relacionamento, relacionamento pressupõe confiança, e confiança é resultado de transparência. Como líder, portanto, é imprescindível que você promova e priorize o contato pessoal, o “cara a cara”. Incentive conversas abertas, fomente perguntas, ajude as pessoas a entender que conflito de ideias é diferente confronto pessoal, e portanto, é bom e saudável para a visualização de novas possibilidades.
    Uma pesquisa feita nos últimos 30 anos em todo o mundo, com mais de 100.000 entrevistados, chegou à seguinte conclusão: a característica mais importante que as pessoas esperam ver em um líder a quem estão dispostas a seguir é a Honestidade, portanto, procure ser transparente e sincero com as pessoas, porque sem isso não há confiança, e sem confiança não existe relacionamento, sem o qual é impossível liderar.
  2. As pessoas só estarão dispostas a seguir espontaneamente um líder quando perceberem que com ele chegarão mais longe do que conseguiriam sozinhas. Afinal, se conseguem chegar sozinhas, não precisam de ninguém pra conduzi-las. Por isso, incentive as pessoas à excelência, provoque-as e instigue-as a buscar novas ideias e possibilidades. Ainda que um trabalho seja supostamente simples, se você sabe que o resultado pode ser melhor, incentive as pessoas a fazê-lo, porque quando você sabe que pode melhorar e não o faz, está automaticamente incentivando as pessoas à mediocridade, e não à excelência.
  3. Ajude as pessoas a perceber que aquilo que elas realizam vai muito além do que fazem; que faz parte de algo muito maior e significativo, como por exemplo, ajudar um professor a compreender que ele não apenas transmite conteúdo ou ensina seus alunos a ler, escrever e fazer contas, mas que está participando da formação de homens e mulheres que ajudarão a construir um país melhor e mais justo para todos. E se alguém tiver alguma dúvida sobre a importância dos “trabalhos mais simples” na conquista de resultados, apenas solicite ao pessoal da limpeza pra ficar uma semana sem aparecer; acredito que todos entenderão rapidinho.

Se você passar a prestar mais atenção nestes três pontos, não tenha dúvida que sua liderança se tornará cada dia mais efetiva e importante na construção de um mundo melhor, com pessoas, profissionais, organizações e resultados melhores para todos, independentemente do seu estilo de liderança.

Leia também:
Ilumine a Contribuição

Um Grande Abraço,

Marco Fabossi

livro3a-capa-site

 


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

 

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Artigos sobre Liderança dos Consultores Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança