• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

consciencia  Como diretor de uma grande organização, Pedro era procurado com certa frequência por seus gerentes para ser comunicado sobre necessidade de demissão de um colaborador por algum motivo. Alguns gerentes alegavam falta de capacitação técnica, outros diziam que os comportamentos e atitudes do colaborador não estava alinhado com os valores da empresa, enfim, sempre havia uma boa justificativa para a demissão.
Pedro se preocupava em saber o que esse gerente havia feito para apoiar o colaborador em sua deficiência; se ele havia conversado e dado os feedbacks necessários para que ele pudesse tentar melhorar; se havia se aproximado do colaborador para buscar entender a razão de certos comportamentos e, praticamente em todas as situações, os gerentes respondiam algo como: “Já fiz tudo o que estava ao meu alcance” e, apesar de incomodado, por confiar em seus gerentes, Pedro deixava-os livres para tomar a decisão.
Um dia, contudo, Pedro decidiu fazer algo diferente: quando um de seus gerentes lhe comunicou sobre sua intenção e motivos para demitir determinado colaborador, ele lhe perguntou:
– Tudo o que você acabou de me dizer sobre essa pessoa já foi dito a ela? Ela teve a oportunidade de saber onde estava indo mal para tentar melhorar?
E como era de costume, a resposta foi “Sim. Já fiz tudo o que estava ao meu alcance”. Pedro então disse ao Gerente:
– Perfeito, mas dessa vez vamos fazer diferente: Vamos juntos conversar com essa pessoa e, se algum dos motivos que você está alegando para demiti-la não for do conhecimento dela, você será demitido também. Pode ser?
O gerente “engoliu seco”, pensou um pouco e respondeu:
– Talvez eu não tenha sido muito claro naquilo que comuniquei. Deixe-me tentar trabalhar com ela um pouco mais.
E como num passe de mágica, daquele dia em diante o número de demissões diminuiu drasticamente e, vários colaboradores tidos como “improdutivos”, se tornavam cada dia melhores.

Não existe evolução sem mudança, e a mudança começa pela consciência; consciência que desperta quando alguém nos ajuda a enxergar aquilo que não conseguimos ver, para que assim possamos nos tornar as pessoas e profissionais que sempre soubemos que poderíamos ser.
E o principal responsável por ajudar as pessoas a conhecerem um pouco mais sobre o impacto positivo ou negativo daquilo que fazem, é o seu líder, utilizando o Feedback como ferramenta. Apesar disso, a falta de feedback honesto e assertivo é um dos principais motivos do insucesso de líderes e liderados nas organizações, isso porque, infelizmente, o feedback tem sido uma das ferramentas mais mal entendidas, mal interpretadas e mal utilizadas nas organizações, tornando-se sinônimo de bronca, crítica e reclamação.
Vamos refletir juntos: Feedback é algo importante para você? Você dá feedbacks em quantidade e qualidade necessárias para que sua equipe cresça e se desenvolva o quanto poderia? Se sua resposta à primeira pergunta é “sim”, e à segunda é “não”, existe aí uma incongruência, concorda?
Suponha que venha uma ordem “de cima” solicitando a redução do quadro de colaboradores e você tenha que demitir uma pessoa de sua equipe. Pense em quem seria essa pessoa. Pensou? Ela conhece todos os motivos que o levaram a escolhê-la para uma suposta demissão? Se sua resposta é “não”, desculpe, mas você não está fazendo o seu trabalho.
Enquanto líder, sua responsabilidade é utilizar o feedback para gerar consciência, aprendizado, respeito, melhoria, crescimento, transparência, confiança e bem-estar, seja pra coisas positivas ou negativas. Quando as pessoas estiverem fazendo algo que não está bom ou que possa melhorar, converse com elas. Quando perceber que estão fazendo algo bem ou melhor do que faziam antes, reconheça e elogie para que possam replicar e potencializar o que já estão fazendo bem.
Lembre-se, a consciência precede a mudança, e o feedback honesto e sincero é o melhor caminho para trazer a consciência aquilo que está oculto, dando as pessoas a oportunidade de se conhecerem melhor e então decidirem pela mudança.

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

6 Respostas até agora.

  1. silvia disse:

    Obrigada pelos maravilhosos textos que envia me. Estes tem me ajudado a ser uma pessoa, mas observadora com a minha equipe.

  2. Carlos Legal disse:

    Muito bom, como sempre. Forte abraço.

  3. Cláudia disse:

    Segue um texto para reflexão

  4. Rômulo Valinoti disse:

    Fabossi,
    Acredito muito no feedback como ferramenta de desenvolvimento e utilizo com a certeza da minha missão, seja como comunicador ou receptor desse feedback.
    Vejo que muitas vezes nossos líderes não tem total coinciencia da sua missão é por isso tem dificuldades em utilizar o feedback. Se sabemos da nossa responsabilidade com o próximo, o feedback passa a ser facilmente utilizado.
    Abraços,
    Rômulo Valinoti

  5. martha mirão disse:

    muito bom este texto. bem direto, esclarecendo onde podemos melhorar nesta questão de dar feed-back. gostaria de ler mais sobre este assunto.

  6. Nena disse:

    Maravilhoso como todos os outros textos, Parabéns !