• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Tem Gente Atrás do Crachá (Liderança)

Postado por Marco Fabossi dezembro - 16 - 2012 7 Comentários

  Enquanto a copeira servia café e água no início da reunião, o diretor de um dos maiores conglomerados brasileiros, buscando conhecer um pouco mais sobre a empresa* que pretendia contratar como parceira, perguntou à Diretora de RH:
– Aqui nesta empresa as pessoas são felizes?
– Bem, ninguém melhor que as próprias pessoas para responder essa pergunta – respondeu a Diretora de RH, e em seguida perguntou à copeira: Você é feliz aqui na empresa?
– Ah, eu sou muito feliz! Aqui, quando eu vou tirar o lixo dos cestos nas mesas, as pessoas me agradecem, conversam comigo, me notam. Quando eu sirvo café, elas também agradecem. Aqui as pessoas me tratam com educação, elas me notam, e eu me sinto respeitada – respondeu a copeira.
O diretor do grande conglomerado então respondeu:
– Isso é muito importante para que possamos trabalhar juntos, porque em nossa empresa as principais prioridades são: pessoas, pessoas e pessoas. O resto a gente dá um jeito.
Antes que terminasse a semana, este mesmo diretor liga para a empresa e confirma:
– Decidimos contratá-los como nossos parceiros.

*A personagem principal dessa história é a Dona Naide, copeira/faxineira da Car Park, dirigida pelo Paulinho (Paulo Henrique Coelho da Fonseca Machado), uma empresa que planeja, implanta e administra estacionamentos, e que tem como principais valores: Amor, Família, Confiança, Saúde, Compromisso com a realização continua, e Inspirar e contribuir para o desenvolvimento humano. A Diretora de RH da Car Park, citada acima, é a Miriam Sargiani Momma, que narrou este fato no encerramento do Líder do Futuro: O Mais Completo Programa de Formação de Líderes do Brasil.

Somente uma liderança que valoriza as pessoas e que tem plena consciência de que “tem gente atrás do crachá”, é que consegue estabelecer uma cultura de respeito e valorização do ser humano nas organizações.
Quando as pessoas são respeitadas e reconhecidas, passam a perceber que o trabalho que realizam vai muito além das tarefas que executam, e com isso se dão conta de que fazem parte de uma equipe que se ajuda, colabora e se empenha na realização de uma obra muito maior.
Por isso, uma das premissas para tornar-se um bom líder é respeitar, valorizar e reconhecer as pessoas, algo que não depende de aprendizado, mas de decisão e atitude. Reconhecer as pessoas pelo que são e pelo que fazem, ainda que, em nossa percepção, seja um trabalho simples e rotineiro. Basta imaginar os banheiros do nosso local de trabalho sem pessoas para limpá-los; como seria? Você já parou em algum momento do dia para dizer a uma dessas pessoas algo como: “- Muito obrigado pelo importante trabalho que realiza aqui na empresa. Sem você esse lugar seria uma bagunça.”? Quanto tempo demora reconhecimento deste tipo? Quinze segundos? E quanto tempo você acha que ele vai durar na vida dessa pessoa? Talvez a vida toda.
Nossas organizações estão repletas de gestores altamente capacitados, dotados de enorme competência técnica e gerencial; homens e mulheres preparados para um mercado cada vez mais globalizado, complexo e competitivo, mas tão profundamente dedicados aos negócios e seus resultados que terminam por negligenciar as pessoas, causando angústia, frustração, falta de credibilidade e decepção em todos os níveis das organizações, e com a séria agravante de não serem capazes de criar futuro. Mais que gestores, as organizações precisam de homens e mulheres que enxergam e aceitam as pessoas como elas são, tratando-as com respeito e dignidade, independentemente de raça, níveis hierárquicos ou sociais, e religião. Líderes conscientes de que todas as conquistas são fruto do trabalho em equipe, e que os melhores resultados só podem ser alcançados quando as pessoas estiverem felizes e motivadas, porque “tem gente atrás do crachá”!

 

.

Adquira o seu Exemplar do Livro Coração de Líder

de Marco Fabossi

O Livro que vai revolucionar a sua Liderança

.

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Veja outros textos do Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança
Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

7 Respostas até agora.

  1. Fabio Renato de Freitas disse:

    É extremamente importante fomentar e cooperar nos relacionamentos humanos. As pessoas tem seus problemas, conflitos e emoções e quando você consegue se aproximar e dar um simples bom dia ou um obrigado, com certeza você torna a sua vida e a vida das pessoas que estão ao seu redor melhor. Seja humano olhe nos olhos das pessoas e diga: obrigado e/ou como você e importante! Seja o melhor LIDER que você pode ser e seja uma pessoa diferente, valorizando os relacionamentos.

    • Marco Fabossi disse:

      Fabio, tudo bem? Muito obrigado pela participação e pelos preciosos comentários. Abraços,

      Marco Fabossi

  2. Miriam Sargiani Momma disse:

    Marco, agradeço a citaçao, fiquei feliz com a leitura deste texto, é bom termos confirmado que estamos no caminho certo no que diz respeito ao nosso posicionamento de termos as pessoas como prioridade em nossa empresa. Muito de nosso sucesso, indiscutivelmente, esta relacionado ao fato de termos sempre em mente que independente do cargo que ocupam TEM GENTE ATRAS D O CRACHÁ! Grande abraço.

    • Marco Fabossi disse:

      Oi Miriam, eu é quem agradeço pelo exemplo! Tenho certeza que o exemplo da Car Park vai influenciar muitos Líderes do Futuro! Um grande abraço, Marco Fabossi.

  3. Fabio Souza disse:

    Olá grande Fabossi!

    Acredito que organizações focadas na cultura de liderança, atingem sua condição de alta performance, pois toda e qualquer pessoa que faça parte dela, é vista e reconhecida pelo todo, como especial, capaz e competente o suficiente, para realizar aquela determinada função.
    Sendo assim, a liderança será visível em todos os níveis hierárquicos da organização.
    Não duvido que a dona Naide, com todo reconhecimento e respeito que possui, atue e desempenhe suas atividades, também como uma líder naquilo que faz, e que sua contribuição seja parte fundamental na missão e objetivos da empresa utilizada como exemplo.

    Abçs

    Fabio Souza

  4. Julio Cesar disse:

    Olá Marco Fabossi

    Exelente o exemplo, acredito que o sucesso das empresas, nao se deve somente aos seus líderes, mas sim a equipe como um todo. É muito importante olhar quem está atrás do crachá, dar valor a estas pessoas, saber ouví-las, dividir com elas os problemas do dia a dia. Grande parte das soluções está bem aí.

    Grande abraço e mais uma vêz obrigado.