• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Cachorro Velho (Criatividade)

Postado por Marco Fabossi junho - 11 - 2008 9 Comentários

 Uma velha senhora foi para um safári na África e levou seu velho vira-lata com ela.

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido.

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço.

O cachorro velho pensa:

– Oh! Estou mesmo enrascado!

Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador. Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto:

– Cara, este leopardo estava delicioso! Será que há outros por aí?

Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.

– Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco! O velho vira-lata quase me pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum…

E assim foi rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção ao predador, em grande velocidade, e pensa:

– Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo. O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz:

– Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que vai acontecer com aquele cachorro abusado!

Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:

– E agora, o que é que eu posso fazer?

Mas, ao invés de correr (porque sabia que suas pernas doídas não o levariam muito longe), o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

– Cadê aquele macaco safado? Estou com fome! Eu o mandei buscar outro leopardo pra eu comer, e até agora não voltou!

 

Nos momentos de crise, o melhor remédio é não se desesperar, e pensar numa saída criativa. São nos momentos de crise que as melhores idéias aparecem.

 

Se você ou sua empresa está vivendo um momento de crise, mantenha a calma, pense, reflita sobre as possibilidades, “pense fora da caixa”, reúna pessoas interessadas em resolver o problema, de liberdade para as pessoas pensarem e expressarem sua opinião e criatividade. As idéias e a solução vão surgir, com certeza.

 

Um grande abraço,

 

Marco Fabossi

 

9 Respostas até agora.

  1. Bruno Brisola disse:

    Titio Marco, aqui é o Bruno Brisola,li as suas histórias do Cachorro Velho, a dos Gansos e a do Boi com a minha mamãe Monica e me diverti muito. Obrigada pelas dicas de inteligência.

    Parabéns pelo seu trabalho.

    Beijos

  2. Marco, adorei a estória do CACHORRO VELHO!Abraços.

  3. ENI disse:

    valeu demais legal mesmo vou repassar

  4. Juliana disse:

    Muito bom! e nós a vezes nos desesperamos não é? adoro ler essas histórias.

  5. gisele disse:

    otimo

  6. Simone disse:

    Simplesmente maravilhoso…parabéns, realmente somos privilegiados por textos deste nível.

  7. Ana disse:

    para refletir!!!

  8. Rodrigo Alves disse:

    Muito bom exelente exemplo.

  9. valdinei_lima@ig.com.br disse:

    !