Conflitos Produtivos (Liderança)

Dois experientes gerentes e um estagiário se encontraram casualmente perto da máquina de café e, conversando sobre coisas do dia-a-dia da empresa, o estagiário recém contratado, pergunta:

– Já que vocês são experientes, podem me ajudar a entender um pouco mais sobre conflitos? Como eles começam?

– Ah, é simples – respondeu um dos gerentes – Vamos supor que a área dele (referindo-se ao outro gerente) se desentendesse com a minha…

Imediatamente o outro gerente o interrompeu e disse:

– Pera aí! Não houve qualquer desentendimento entre a minha área e a sua!

– Eu sei! Estou apenas usando um exemplo hipotético.

– Mas assim você vai acabar confundindo a cabeça do rapaz! – protestou o outro gerente.

– Lógico que não! Fica muito mais fácil dele entender se eu der um exemplo – respondeu asperamente o primeiro gerente.

– Caramba! Então dê um exemplo real! – retrucou o segundo gerente com o tom de voz alterado.

E antes que eles continuassem, o estagiário os interrompeu e disse:

– Poxa, muito obrigado! Vocês me deram um exemplo perfeito sobre como os conflitos começam.


Segundo Patrick Lencioni, em seu livro “Os 5 Desafios da Equipe”, para que uma equipe obtenha os melhores resultados, ela precisa promover e incentivar conflitos produtivos. Esse é um ponto interessante, porque o que normalmente ouvimos no dia-a-dia das organizações é que devemos evitar conflitos, e não incentivá-los. Será?

Alguém já disse sabiamente que “se em uma equipe, duas pessoas pensam exatamente da mesma forma, uma delas é desnecessária”, portanto, ideias e pensamentos diferentes são muito bem-vindos, já que essa diferença de pensamentos é que faz brotar novas ideias e oportunidades.

O grande problema, contudo, é que para criarmos conflitos produtivos, é preciso que haja confiança, porque sem confiança os conflitos de ideias se transformam em confrontos pessoais; quando não existe confiança, as pessoas não debatem ideias, mas confrontam posições; ao invés de permitirem que diferentes pensamentos e ideias lancem mais luz sobre as conversas, buscando o melhor resultado para todos, sem confiança, apenas geram o calor necessário para aquecer e acalmar o seu próprio ego.

O conflito produtivo é bom (e necessário) porque são as nossas ideias, ainda que diferentes, trabalhando juntas para o bem comum. Não importa se a sua ou a minha ideia é a melhor; talvez das nossas ideias surja uma outra ideia ou possibilidade, enfim, o que realmente importa é que tenhamos liberdade para conversar sobre elas, respeito para ouvi-las (por mais simples e bobas que possam parecer), e humildade e desapego para aceitar que elas sejam utilizadas, modificadas ou descartadas.

Portanto líder, se você realmente busca os melhores resultados, sua primeira tarefa é construir relações de confiança verdadeiras com sua equipe e em sua equipe. Uma vez cumprida essa tarefa, fomente a diversidade de ideias e os conflitos produtivos. E se perceber que os confrontos permanecem, aja imediatamente para reforçar a confiança até que os egos deem lugar ao respeito e a humildade.

Bons conflitos!

Um Grande Abraço,

Marco Fabossi

Leia também:
O Primeiro Passo da Liderança

livro3a-capa-site

Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

 

.

 

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – A Evolução da Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *