• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Profecia Autorrealizável (Liderança)

Postado por Marco Fabossi outubro - 22 - 2017 1 Comentário

  Há poucos dias, numa conversa sobre liderança com os diretores de uma grande organização, quando eu comentava sobre os danos que o uso de “rótulos” podem trazer às pessoas, ao clima organizacional e aos resultados, o presidente da empresa olhou para os diretores, sorriu, e comentou:

– Aqui todo mundo já sabe: Quando eu falo que alguém é burro, é porque é burro! E até hoje nunca me enganei!

Depois de respirar fundo, eu respondi:

– Você nunca se enganou, e provavelmente nunca se enganará. Posso explicar-lhe por que?

Foi então que eu disse a ele…


Pense numa pessoa com quem você convive e sobre a qual tenha grandes expectativas em relação ao que ela pode “entregar”. Pensou? Agora pense em uma pessoa na qual suas expectativas sejam bem mais baixas.

Reflita sinceramente: Em termos de proximidade, tempo, atenção, desafios e paciência, você age da mesma maneira com as duas? Provavelmente não. Aquela sobre a qual você tem alta expectativa, provavelmente usufrui de mais proximidade, mais tempo, mais atenção, mais desafios e mais paciência. E com o tempo, como consequência do seu jeito de atuar com ela, suas expectativas se confirmam, e você pensa: “Eu sabia!”.

É provável também, que aquela pessoa na qual as expectativas são baixas, o nível de proximidade, paciência, atenção e desafios seja bem menor. E depois de um tempo, também como consequência da maneira que você age com ela, sua profecia se confirma, ela não vai muito longe, e você pensa: “Eu sabia!”.

A isso chamamos de Profecia Autorrealizável, uma previsão que se transforma em crença, traduzida em atitudes e comportamentos que provocam a sua concretização. A Profecia Autorrealizável é, no início, uma definição falsa da situação, que suscita um novo comportamento e assim faz com que a concepção originalmente falsa se torne verdadeira. Em outras palavras, ao assumir que a sua verdade é uma verdade absoluta, você cria um rótulo que influencia o seu próprio comportamento e, por fim, transforma sua profecia em realidade.

Mesmo que a pessoa não seja, o fato de acreditar que ela é “burra”, faz com que você atue inconscientemente para que ela se torne “burra”, porque esta é a sua verdade. Por isso, como líderes, se quisermos ser mais coerentes, justos e equânimes, precisamos evitar o rótulo e a comparação entre pessoas. Não importa se A é melhor que B. O que de fato importa é que A pode ser melhor amanhã, assim como B. Portanto, muito mais produtivo e saudável do que comparar A com B, é comparar cada um com uma versão melhor de si mesmo amanhã; acreditar que ambos podem melhorar e, como líder, trabalhar para que isso aconteça.

Um Grande Abraço,

Marco Fabossi

Leia também:
Bom ou Ruim? (Liderança)

livro3a-capa-site

Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

 

.

 

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – A Evolução da Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança
 
 

Uma Resposta até agora.

  1. Igor disse:

    Esse é o grande desafio do líder! Fazer com que seus liderados sejam melhores que eles mesmos amanhã!

    Excelente texto!