• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Dar de Si Mesmo (Liderança)

Postado por Marco Fabossi agosto - 19 - 2017 3 Comentários

  Laurinha sempre teve muita vontade de ajudar as pessoas, e certo dia decidiu dar dinheiro a algum necessitado. Ela então procurou uma moeda entre as coisas de sua mãe e, quando se preparava para sair de casa disse:
– Vou dar esse dinheiro a um mendigo!
A mãe então chamou-lhe a atenção:
– Filha, esta moeda é minha e você não pode dá-la a ninguém porque ela não lhe pertence.
Sem graça, Laurinha devolveu a moeda à mãe e foi pra a sala, pensando: “Bem, se não posso dar dinheiro, o que poderei dar então? Já sei! A professora sempre diz que o livro é um tesouro e que traz muitos benefícios para quem o lê”.
Eufórica, ela apanhou na estante um livro que lhe pareceu interessante, e já quase saindo na sala o pai a interrogou:
– O que você vai fazer com esse livro, minha filha?
– Vou dá-lo a alguém!
E com serenidade, o pai pediu o livro e disse:
– Filha, este livro é meu, e você não pode dá-lo.
Muito desapontada, Laurinha resolveu dar uma volta e ficou pensando: “Poxa, não é justo! Quero fazer o bem e meus pais não deixam”.
Nisso, ela viu uma colega da escola sentada num banco da praça. Ela parecia tão triste e desanimada que Laurinha esqueceu dos seus problemas, aproximou-se e perguntou:
– O que você tem Raquel?
– Estou chateada porque minhas notas estão péssimas. Não consigo aprender matemática. Desse jeito, vou acabar perdendo o ano. Já não bastam as dificuldades que temos em casa, agora meus pais vão ficar preocupados comigo também.
– Ah! não precisa ficar triste. Eu posso te ensinar matemática. Vamos até sua casa e tentarei ensinar a você o que sei – Respondeu Laurinha.
E ficaram a tarde toda estudando, e quando terminaram, satisfeita, Raquel não sabia como agradecer à amiga.
– Laurinha, aprendi direitinho o que você ensinou. Muito obrigada! Você é muito legal e uma grande amiga. Valeu!
E muito feliz, Laurinha voltou pra casa.


Um líder só pode dar daquilo que tem, e muitas vezes, por ser também o chefe, dispõe de recursos que, apesar de não serem seus (porque de fato, são da empresa), ficam à sua disposição para eventuais necessidades. “Coisas” como um aumento de salário, cursos, livros, eventos, viagens, brindes, uma mesa ou sala melhor posicionada, enfim, mimos que podem amenizar o nível de desmotivação, mas jamais serão capazes de inspirar ou aumentar o nível de motivação e engajamento das pessoas.

Dar coisas é fácil; difícil mesmo é demonstrar interesse genuíno pelas pessoas, e doar a elas aquilo que é mais importante e precioso pra você: tempo e energia. É difícil sim, mas é justamente o que diferencia líderes medíocres de líderes inspiradores, porque “dar coisas” é algo que acontece de fora pra dentro, enquanto a liderança nasce de dentro pra fora; da vontade e determinação de conquistar os melhores resultados com pessoas conectadas com um propósito, respeitadas, reconhecidas, valorizadas, desenvolvidas e, consequentemente, inspiradas, motivadas e engajadas.

Como eu costumo dizer, para liderar de verdade é preciso colocar gente na agenda. Dê uma olhada em sua agenda; se nela você encontrar compromissos relacionados a reuniões de trabalho, projetos, clientes, fornecedores e resolução de problemas, mas não encontrar compromissos com gente, me desculpe, está faltando alguma coisa, aliás, está faltando o principal: gente. Pra liderar de verdade, é preciso dar de si mesmo, separar tempo pra conversar com as pessoas, aproximar-se delas, conhece-las, saber sobre suas expectativas, ouvir suas ideias e sugestões, treiná-las, desenvolvê-las, dar feedback, reconhece-las, empoderá-las e engajá-las.

Lembre-se que o verdadeiro legado de um líder não será determinado pelos bens que deixou, pelas organizações que liderou, pelos recordes que estabeleceu ou pelos produtos que desenvolveu, mas pelas vidas que influenciou, e pelos profissionais e líderes que formou ao longo da sua jornada. No final, dar de si mesmo é o que realmente importa.

E então, como anda a sua agenda?

Um Grande Abraço,

Marco Fabossi

Leia também:
Coloque Gente na Agenda (Liderança)

livro3a-capa-site

Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

 

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – A Evolução da Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança
 
 

3 Respostas até agora.

  1. Joao Neto disse:

    Bom dia Fabossi! Acompanho seus textos há muito tempo por indicação de um ex-diretor, você tem restrições sobre compartilhamento do material em mídias como linkedin e facebook? Abraço!

  2. Boa tare, Marco.
    Show de texto, pois serve como uma luva para aqueles que conhecem sua Missão de Vida… Por que Deus nos colocou aqui?
    No meu caso, minha missão é compartilhar o conhecimento de forma fácil e replicável para transformar a vida das pessoas.
    Demorei, mas descobri que nasci para fazer isso, quando estou fazendo isso estou no meu melhor. Eu sou isso… e o que é legal demais é que um dos meus valores é o amor pelo conhecimento. Ou seja, adoro aprender coisas novas, não tenho medo de reciclar o conhecimento já adquirido, para poder compartilhar com as pessoas. Não existe esta de cultura inútil. Uma hora ela pode salvar uma vida.
    O que não muda nunca é a conversa olho no olho, mas sem intimidação; o aperto de mão sincero, mas sem quebrar a mão do outro e tampouco ser aquele aperto mole que parece que nem tocou a mão do outro; ouvir sem julgar; agradecer de forma genuína.
    Coisas simples que movem e motivam, mas que infelizmente muitos precisam aprender… Aprender porque nunca vivenciaram isso, aprender porque já esqueceram isso.
    Sucesso para você