• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Lições de Liderança

Postado por Marco Fabossi junho - 7 - 2015 3 Comentários

Shackleton  Sir Ernest Shackleton, famoso explorador que sobreviveu a um naufrágio na Antártida em 1915, é considerado um dos maiores líderes da história. Perdido no continente gelado, enfrentando grandes perigos e sem suprimentos, Shackleton conseguiu conservar sua equipe unida, determinada e comprometida, até que todos estivessem em segurança.
No momento em que o navio foi reduzido a pedaços pela força do gelo e os ânimos estavam devastados, Shackleton estabeleceu um novo e mais importante objetivo: a sobrevivência de todos.
Para comunicar aos homens que apenas as coisas essenciais à sobrevivência deveriam ser mantidas, Shackleton jogou fora seus objetos mais valiosos, incluindo o relógio e a cigarreira de ouro. Todos então aceitaram descartar o que era supérfluo naquelas circunstâncias e abandonar tudo que pudesse atrapalhar o objetivo de escapar vivos daquele lugar. Com o passar do tempo, a comida precisou ser racionada e em determinado momento um dos tripulantes reclamou do seu copo de leite. Shackleton então o encheu com o seu próprio copo. Apesar da situação extrema e crítica, Shackleton fazia questão de fomentar o otimismo e o bom humor por meio de atividades, danças e jogos.
Depois de 15 meses presos no gelo, as condições do oceano permitiu que eles partissem em busca de terra firme em botes salva-vidas e, depois de 17 dias no mar aberto, conseguiram chegar a uma ilha. Shackleton decidiu então viajar mais 800 milhas, com outras 5 pessoas, em um dos botes para buscar ajuda. Ao sair, deixou o amigo Frank no comando e lhe entregou uma carta que dizia: “Caso eu não sobreviva a esta viagem, faça o seu melhor para salvar o grupo. Transmita meu amor aos meus, e diga-lhes que eu fiz o melhor”.
Em mais 17 dias conseguiram chegar a uma ilha coberta de gelo ao Sul da Georgia e tiveram que atravessá-la a pé para alcançar a estação baleeira mais próxima. Shackleton e mais duas pessoas retiraram alguns parafusos do barco, colocaram na sola de suas botas, e saíram em direção a estação, onde chegaram em 3 dias e foram acolhidos. Em poucos dias, Shackleton voltou para resgatar os 3 amigos que ficaram do outro lado da ilha, e então partiu em um novo barco para buscar o restante da tripulação. Depois de mais 4 meses de viagem, todos foram resgatados com vida.

A fantástica história de Sir Ernest Shackleton, que foi reproduzida em vários documentários disponíveis na internet, nos traz algumas importantes lições de liderança:

  • Inteligência Emocional: Inteligência Emocional é a capacidade de dirigirmos nossas emoções de forma que trabalhem a nosso favor e nos levem mais perto de nossos objetivos. Estudos realizados pela Case Western University, envolvendo quinze empresas globais e milhares de executivos, concluíram aproximadamente 80% da efetividade de profissionais em posição de liderança vêm de competências existentes na Inteligência Emocional. Portanto, quando perceber que está prestes a perder o controle, pergunte-se: Qual é o meu objetivo? A atitude que pretendo ter me coloca mais perto ou me afasta dele? Se o afasta, decida repensá-la. Se o aproxima, vá em frente.
  • Clareza de Objetivo: Para que essas perguntas possam ser feitas, é preciso ter clareza de objetivo. Pessoas sem objetivo são como barcos a deriva, sem qualquer controle sobre o lugar que pretendem chegar. O líder precisa estabelecer uma visão de futuro inspiradora que derive objetivos coletivos e individuais, para que todos possam caminhar juntos na mesma direção.
  • Juntos somos mais fortes que separados: Quando todos caminham juntos na mesma direção, quando as pessoas trocam o individualismo pela individualidade, colocando o que cada um têm de melhor a serviço de um objetivo maior, então juntos, todos se tornam mais fortes.
  • Pessoas são mais importantes que coisas: Uma organização sem pessoas não passa de um amontoado de coisas sem vida. Sem pessoas e relacionamentos, nada acontece, por isso, uma das principais responsabilidades do líder é de valorizar e tratar as pessoas como pessoas, e não como coisas, demonstrando em suas atitudes quanto as respeita e valoriza, estabelecendo com elas relacionamentos baseados em compromisso e confiança, porque só então, grandes coisas acontecem. Um grande líder, portanto, não se importa apenas com as coisas, mas também e principalmente com aqueles que fazem as coisas acontecerem.
  • O exemplo é o melhor discurso: Se as palavras de um líder são incongruentes com seus comportamentos e atitudes, elas perdem totalmente o sentido e a credibilidade, por isso, busque liderar de maneira que as pessoas possam dizer: “As atitudes do meu líder falam tão alto, que eu nem preciso ouvir a sua voz!”.
  • Faça o Melhor: Líderes comuns fazem o possível, líderes extraordinários buscam fazer o melhor, para si e para todos os que estão ao seu redor. 

Que outras lições você tira dessa história?


Fast Tube by Casper

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

3 Respostas até agora.

  1. Flabenilto disse:

    Fabossi…Mais uma vez me sinto motivado a seguir em frente, apesar das circunstâncias adiversas… Muito bom!

  2. Rubens Ap. Lourenzi disse:

    Olá Fabossi, a Paz!
    É bom lêr/ouvir fatos relevantes que nos ajudam a incentivar nosso espírito de liderança, aumenta nosso amor às pessoas e aquilo que fazemos no dia a dia.
    Grato,
    Deus te abençoe,
    Rubens Lourenzi.

  3. o propósito,gera sacrifícios,esses sacrifícios sera o amor que o líder demostrara aos liderados face a insatisfação postiva de quer mais e melhor não so para si mas para os outros