• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

O Mundo é Comparativo (Coaching)

Postado por Marco Fabossi junho - 22 - 2014 10 Comentários

comparativo  Toda a família reunida em volta da mesa celebrando o resultado do jogo de basquete do filho mais velho, quando a vizinha aparece, percebe o entusiasmo, e diz ao garoto:
– Quer dizer então que seu time venceu a partida hoje?
O menino sorri e responde:
– Não! Perdemos de 24 a 2!
– Bem, então você deve ter feito a única cesta do seu time! – insiste a vizinha
– Não! Errei os oito arremessos que fiz, mas três deles acertaram o aro!
O garoto percebe que a vizinha está confusa, então, com um enorme sorriso, completa:
– Estamos comemorando, pois na semana passada eu perdi nove arremessos e todos eles passaram bem longe da tabela. Papai me disse que o treino desta semana valeu a pena!

O mundo é comparativo: o melhor só existe porque pode ser comparado com algo pior, assim como claro e escuro, rápido e lento, primeiro e último, grande e pequeno, bonito e feio, maior e menor, e várias outras comparações já fazem parte do nosso dia a dia. E talvez, pelo fato da comparação ser tão usual em nossas vidas, deixamos de perceber que o mesmo critério que adotamos para comparar coisas, não deveria ser aplicado a pessoas.
Comparar pessoas, sejam elas profissionais, filhos ou amigos, é tentar diferenciar aquilo que já é diferente por natureza, já que não existe na face da terra dois seres humanos absolutamente iguais. Cada pessoa nasce com características, dons, talentos e limitações diferentes, portanto, compará-las seria, além de injusto, ilógico. Pais que comparam filhos, líderes que comparam liderados, enfim, aqueles que comparam pessoas certamente causarão frustração em todos os envolvidos. Em vez disso, procure ajudar as pessoas a potencializar aquilo que elas têm de melhor.
Ainda mais perigoso do que comparar pessoas, contudo, é deixar-nos comparar com o ambiente, porque se chegarmos a conclusão de que já somos os melhores nos ambientes que frequentamos, seja trabalho, família, esporte, amizade ou escola, seremos naturalmente infectados pelo vírus da acomodação, e perderemos a chance de nos tornarmos ainda melhores.
Por isso, já que o mundo é comparativo, a melhor comparação que podemos fazer é aquela que envolve o nosso ontem e o nosso hoje; será que hoje estamos melhor que ontem? Experimente agir dessa maneira: em vez de comparar pessoas ou comparar-se com o ambiente, busque comparar você hoje com você ontem. Você é hoje um ser humano melhor que ontem? O que te faz hoje um pai, uma mãe, um filho, um amigo, um líder, um profissional, um estudante, um professor ou um atleta melhor que ontem? Se você responder sinceramente a esta pergunta todos os dias, estabelecer metas e planos de ação, fizer os devidos ajustes e correções de rota, e agir com disciplina e determinação para tornar-se hoje melhor do que você mesmo ontem, certamente alcançará o seu máximo potencial.

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança
Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

10 Respostas até agora.

  1. anderson disse:

    é isso que eu tenho falado insistentemente com meus amigos, quando reclamam do atual Governo, temos que comparar o Governo de Hoje com o de ontem e não com o de outros países, porque só podemos comparar laranja com laranja, e não com limões. E mesmo quando formos comparar Laranjas com laranjas temos que separar por tipo (pêra, lima, bahia, seleta, etc…).
    No campo pessoal eu também costumo comparar a minha vida hoje com a que eu tinha antigamente, e principalmente os meus desejos de hoje com os que eu tinha antigamente, e percebo sim, uma melhora na minha vida.
    Mais um texto fabuloso!!!
    Obrigado por compartilhar gratuitamente conosco esse conhecimento Marco.

    • Marco Fabossi disse:

      Anderson, tudo bem? Muito obrigado pelos comentários e participação no Blog. Abraços. Marco Fabossi.

  2. Igor Machado disse:

    É muito importante lembrar-se de comparar sempre os nossos próprios resultados, o ontem e o hoje.Porém, venho perguntar sobre comparações como essa do exemplo acima. O garoto fez festa com a família apenas por ter acertado o aro e melhorado um pouco o treinamento, mas o objetivo dele era fazer a cesta.A melhora do treinamento merece uma festa comemorativa? É o mesmo caso do aluno que tirava 0 e agora tira 4.Muitos acreditam que melhora já é suficiente e se acomodam do mesmo jeito.Além disso, por acreditar que já é suficiente, as metas originais são esquecidas ou sempre trocadas por menores, o que nem sempre é produtivo.

    • Marco Fabossi disse:

      Igor, bom dia. Muito obrigado pelos comentários e pela participação no Blog. Você tocou em dois pontos muito importantes no processo de desenvolvimento humano. O primeiro é aprender a comemorar as pequenas conquistas, já que as grandes conquistas são fruto de vários pequenos avanços que alcançamos em nosso dia a dia. O segundo é a “insatisfação positiva”, ou seja, buscar a melhoria continua; tirar 4 é melhor que zero, contudo, o que é preciso fazer agora para chegar ao 5? E depois ao 6…7…8…9…10! Abraços.

  3. Marlucia disse:

    Bom dia Marco,

    Realmente as comparações que vejo atualmente no mundo corporativo estão cada vez mais dificultando os processos de crescimento no ambiente de trabalho. As pessoas quando são comparadas não conseguem enxergar os seus pontos a melhorar, elas fazem o contrário, e começam a olhar os defeitos dos outros e ver o que ela é melhor. Isso causa grande frustação e até mesmo a perda de bons profissionais. Os líderes estão muito ocupados atualmente com números e metas e esquecem de valorizar as pessoas pelo o que elas fazem e não pelo que elas são.

  4. silvia disse:

    Amei esse texto mostra que somos seres humano com a capacidade de errar e acerta, mas o que vai fazer a diferença e saber tirar o melhor proveito do errar e tentar acerta da próxima igual
    acerto temos que sempre ser, mas criativo quando tentamos acertar da próxima vez.
    Muito obrigada por esses texto maravilhosos.

  5. Gustavo Mançanares Leme disse:

    Perfeito texto. O vale, como diria o professor Vicente Falconi, temos que fazer o PDCA girar e na medidad que ele gira vamos criando PADRÕES e crescendo em cima dele e isso faz com que nossos resultados melhores, e metas estimulam isso e fazer buscar novos conhecimentos para alcançá-las como no seu exemplo do menino que joga basquete. Abraço, Gustavo Mançanares Leme.

  6. Alrismar Araujo disse:

    Boa noite!

    Meu aprendizado de hoje valorizar pequenas conquistas. Erros e acertos fazem parte da trajetória, para a realização desejada.

    Muito obrigada!

  7. Fabio Moraes disse:

    As comparações são quase inevitáveis, mas a questão é qual óculos utilizamos para faze-las. Existe uma tendência de padronizarmos nossas escolhas e as comparações são sempre muito limitadas. Acertar o aro duas vezes pode ser um bom resultado, mas quem disse que precisamos arremessar a bola na cesta?

  8. martha mirão disse:

    Muito bom esse texto. Essa comparação de mim mesma com o que hoje sou, pode causar grande alegria e às vezes frustração, então aliado a esta comparação coloco a certeza que às vezes pioramos e está na hora de despertar e buscar a melhora, a cada dia!