• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Conflitos (Liderança)

Postado por Marco Fabossi março - 20 - 2011 7 Comentários

Dois experientes gerentes estavam perto da máquina de café conversando sobre o dia-a-dia na empresa, quando Pedro, um estagiário recém contratado, se aproximou e perguntou:

– Bom dia. Permitam-me aproveitar esta grande oportunidade para perguntar-lhes algo que ainda não consegui entender: Como começam os conflitos no dia-a-dia?

– Ah, isso é simples – respondeu um dos gerentes – Vamos supor que os Estados Unidos continuassem a se desentender com a Inglaterra e…

Imediatamente o outro gerente interrompeu e comentou:

– Mas os Estados Unidos nunca se desentenderam com a Inglaterra!

– Eu sei! Estou apenas usando um exemplo hipotético.

– Você está confundindo a cabeça do Pedro! – protestou o outro gerente.

– Não, não estou! – respondeu asperamente o primeiro gerente.

Antes que eles continuassem, Pedro os interrompeu e disse:

– Não se preocupem. Vocês conseguiram demonstrar na prática como os conflitos começam. Muito obrigado!

É certo que onde existem pessoas com os mesmos interesses e propósitos, também haverá a existência de conflitos. Muitos conflitos são saudáveis porque promovem a troca de informações e contribuem para o ajuste e alinhamento de ações em direção a determinados objetivos. Os problemas começam quando os conflitos surgem porque as pessoas preferem ter razão, a serem felizes (Veja o texto Ser Feliz ou Ter Razão).

Na liderança, infelizmente, acontecem conflitos ainda maiores. Nada fala mais alto que nossas atitudes e nossos exemplos. Talvez este seja o maior de todos os conflitos que observamos no cotidiano das organizações. Líderes que atuam na base do “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”, exigindo das pessoas aquilo que eles mesmos não fazem e tampouco são.

Para um mesmo estímulo, existem muitas reações possíveis, e entre estímulo e reação está o caráter. Considerando que liderança é caráter em ação, e que o desenvolvimento da liderança depende do desenvolvimento do caráter, o líder que realmente se interessa pelo crescimento de sua equipe, influencia pessoas pelo exemplo, porque “Palavras movem, exemplos arrastam”. Só assim o caráter e a integridade se estabelecem na liderança.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Clique aqui e veja outros textos do Blog da Liderança
.
Como Melhorar a Posição do Seu Site no Google
Dicas de Felipe Fabossi para melhorar a posição de seu site no Google
www.doseo.com.br
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é consultor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
www.crescimentum.com.br
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
www.coracaodelider.com.br
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação:
www.youtube.com/blogdofabossi
.
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
www.blogdofabossi.com.br

7 Respostas até agora.

  1. >Francisco Pereira disse:

    Excelente texto e bastante pertinente para o momento.

    Ser exemplo no trabalho e principalmente nas nossas famílias, tão carentes que buscam na televisão seus exemplos onde deveriam vir de nós, pais.

    Grande abraço.

  2. Maria Aparecida disse:

    Fabossi,
    Como sempre seus textos trazem mensagens fantásticas para todos, sejam lideres na empresa, na família , na escola.

    Penso que, se a cada semana seus escritos fossem lidos e refletidos pela maioria dos líderes desta nação, com certeza seríamos um povo mais feliz e com menos razão, quem sabe…
    Um grande abraço e que o nosso Líder Maior, Jesus Cristo, possa lhe dar cada vez mais, inspiração para acordar os que dormem o sono da indolência.

    • Marco Fabossi disse:

      Cida, muito obrigado pelos comentários de incentivo. Espero, de coração, que estes textos ajudem a construir um futuro melhor.

  3. Sônia Alê disse:

    Realmente conflitos começam com muita facilidade e geralmente não tem razão de ser,mas são difíceis de acabar,saber dar o exemplo é ensinar demonstrando sem palavras e sem interpretações erradas.Essa é a melhor forma de ensinar,não foi assim que Jesus nos ensinou?Com atitudes?

  4. Monalisa Nascimento disse:

    Oi Fabossi que alegria comentar no seu blog, estou feliz por isso, nessa minha vida de liderança eu aprendi que somos observados por olhos extremamente famintos, sim, famintos de exemplos. Eles verificam cada passo, até mesmo a maneira como falamos ao telefone. E de fato as atitudes influenciam potentemente o comportamento das pessoas ao nosso redor, liderados ou não. Portanto foi mais que oportuno o seu texto em abordar essa verdade tão vívida em nosso dia-a-dia meu amigo. Te desejo sucesso sempre!!! E muito obrigada por tudo. Fique com Deus. *-*

    • Marco Fabossi disse:

      Monalisa, novamente, muito obrigado pelos comentários. Também desejo todo sucesso do mundo pra você!

      Abraços,

      Marco