• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

A Crise segundo Einstein (Liderança)

Postado por Marco Fabossi setembro - 12 - 2015 5 Comentários

einstein  Sr. Roberto vendia cachorro-quente à beira de uma estrada, e quase não ouvia notícias do rádio e tv, mas vendia bons cachorros-quentes. Com o passar do tempo as vendas aumentaram, ele comprou um fogão maior para atender seus clientes, o negócio continuou prosperando, e o Sr. Roberto conseguiu mandar o filho pra estudar na capital.
Após graduar-se na universidade, seu filho voltou pra casa e, depois de alguns dias lhe disse:
– Pai, você não ouve rádio, não lê jornais? Você não sabe que uma grande crise se estabeleceu e que a situação do nosso país é muito ruim?
O Sr. Roberto então pensou: “Meu filho estudou na capital, lê jornais, ouve rádio; certamente ele sabe o que está dizendo”.
Abatido pelas notícias de crise, Sr. Roberto então começou a diminuir as compras de salsicha e pão, substituiu os produtos por outros mais baratos e de qualidade inferior, tirou os cartazes de propaganda da estrada, e já não mais oferecia os cachorros-quentes em voz alta.
As vendas foram caindo, caindo, e depois de algum tempo, ele disse ao filho:
– Você tinha razão, nós estamos no meio de uma grande crise!

“A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias.
Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”.
Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que as soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência.
O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis.
Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um.
Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo.
Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la”

Albert Einstein

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Artigos sobre Liderança dos Consultores Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança
 
 

5 Respostas até agora.

  1. Acacío disse:

    Bom dia Senhor Marco,
    Parabéns por suas mensagens, a mais de um ano eu sigo e lei a todas as mensagens postadas, elas me motivam constantemente a prosseguir, ha um bom tempo não tinha sonhos em nem objetivos, mas graça a sua iniciativa conseguir visualizar oque não via, consegui ver o que não estava escondido (oportunidades).

  2. Paulo Amaral disse:

    Ola, Fabossi!

    Seu artigo reforça uma posição externada recentemente pelo Delfin Neto: “A crise é mais crença do que fatos”.

    Abraços!

  3. Célia disse:

    Falou bonito irmão….”não lutar” é para os fracos e acovardados….não para nós!
    Beijo…..sucesso sempre!

  4. martha mirão disse:

    Muito bom, a crise sempre foi ameaça para muitos, mas também oportunidade de crescimento, que bom que alguém escreve artigos tão animadores!

  5. Sônia disse:

    Que a crise seja motivação e não o ponto final.