• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Certificado de Incompetência (Liderança)

Postado por Marco Fabossi janeiro - 4 - 2015 8 Comentários

inveja  Sem qualquer razão aparente, a serpente começou a perseguir o vagalume que, cheio de medo tentava fugir, mas a serpente não desistia e continuava “correndo” atrás dele. A perseguição durou uns três dias, até que vagalume, já sem forças, decidiu parar e perguntar à serpente:
– Desculpe, mas posso lhe fazer-te três perguntas?
– Bem, não costumo abrir esse precedente, mas já que vou te devorar, pode perguntar…
– Eu, por acaso, pertenço à sua cadeia alimentar?
– Não.
– Em algum momento eu lhe fiz algum mal?
– Não.
– Então por que quer acabar comigo?
– Porque eu não suporto ver você brilhar!

Alguém já disse que a inveja nada mais é do que um “Certificado de Incompetência”, porque leva o invejoso a dedicar tempo e energia para cobiçar e prejudicar o espaço e a luz dos outros, ao invés de reconhecer o valor que possui, e assim fazer brilhar a sua própria luz. Por isso, o invejoso é alguém que fica mais feliz quando consegue ofuscar a luz alheia, do que quando faz brilhar a sua própria luz, mesmo porque tem pouco tempo para brilhar, já que está sempre ocupado na tentativa de evitar que outros brilhem.
Isso faz da inveja um dos sentimentos mais prejudiciais no ambiente de trabalho (ou qualquer outro ambiente), porque quebra a relação de confiança, cria competição onde deveria haver colaboração, leva líderes a impedir o crescimento de seus liderados por não aceitar que estes brilhem mais do que eles, enfim, é um dos piores venenos do mundo corporativo, e o grande problema é que a maioria dos invejosos não percebe que, de fato, estão bebendo do seu próprio veneno, esperando que os outros morram.
É impossível impedir que os sentimentos cheguem até nós, incluindo a inveja, contudo é plenamente possível desprezar ou substituir os sentimentos que nos limitam, por aqueles que nos potencializam, e isso é uma escolha.
Todos nós temos luzes e sombras, pontos fortes e fracos, virtudes e defeitos, ou coisa assim. Nossa luz, nosso brilho e nossa influência serão tão fortes quanto nossa capacidade de reconhecer estes dois lados, e então trabalhar com disciplina para potencializar os pontos fortes e melhorar os pontos fracos. Lembre-se que a disciplina dói menos que a inveja e o arrependimento.
Se você é humano como eu, é bem provável que sentimentos de inveja busquem dominá-lo em alguns momentos, contudo, escolha substitui-la por sentimentos que o levem a expandir a sua própria luz e o seu próprio brilho, ao invés de deixar que ela ocupe a sua mente e o seu coração em tentar ofuscar a luz alheia.

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

8 Respostas até agora.

  1. Daniel Yoshiaki Shimokomaki disse:

    Boa tarde, Marco.
    É espantoso como só o fato de existirmos é suficiente para ativar o “invejômetro” nos outros, em vez delas focarem no que são boas e batalharem para serem melhores ainda e conquistarem o que desejam.
    Pena que os invejosos escolhem gastam tanto tempo, energia e por vezes até dinheiro para apagar o brilho dos outros e que com isso, sem se dar conta, acabam por contribuir para que seus alvos brilhem mais ainda. E isso só alimenta o monstro da inveja interior. Duvido que esta seja a missão de vida de um invejoso.
    Sucesso sempre!

  2. Rodrigo Lerbo disse:

    Pura verdade… A inveja está sempre nos rodeando, mas, as nossas atitudes podem ser controladas. Parabéns pelo texto.

  3. Thiago disse:

    Fabossi, grande amigo. Parabéns por mais este texto inspirador. Concordo com suas palavras, onde o melhor caminho para descobrir e valorizar nossas virtudes, os talentos, os pontos fortes é o auto conhecimento.

    Fique com Deus!

  4. Sônia disse:

    Sempre devemos extrair o melhor de nós e oferecer, dando oportunidades aos outros para fazerem o mesmo, e sendo tolerantes na medida do possível com aqueles que ainda não conseguiram descobrir seu próprio brilho.

  5. andeson disse:

    Inveja? De cada 10, 5 é na maldade!

  6. Nilda disse:

    OI Bom dia! Sinto que a inveja cega certas pessoas, e, por isso elas perdem o melhor da vida. Cada um tem o seu próprio brilho, que as vezes permitimos que alguns possam tentar nos tirar. Mas nada acontece por acaso e não deve-se dar combustível para esse sentimento.

    Nilda

  7. Iara gaúcha disse:

    Olá amigo. Acredito que quando uma pessoa está com inveja do que faço, do que sou, com quem convivo, enfim, é uma maneira de sentir-se feliz, pois está tentando fazer o que faço, ser o que sou e querendo aproximar-se das pessoas legais que tenho. Afinal, nunca é tarde para ser feliz!
    Abraços!

    • Marco Fabossi disse:

      OI Iara, tudo bem? Obrigado pela participação no Blog. É um ponto de vista interessante. Não havia pensado neste tema sob este aspecto. Valeu, Abraços, Marco Fabossi.