• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

O Mais Importante Primeiro (Motivação)

Postado por Marco Fabossi agosto - 10 - 2014 6 Comentários

familia1 Max Schireson, presidente da MongoDB, empresa fornecedora de banco de dados para clientes como IBM, Intel e Cisco, comunicou que deixará seu cargo de Presidente (CEO) para dedicar mais tempo à família.
Em seu blog, No artigo intitulado “Why I am leaving the best job I ever had” (“Por que estou deixando o melhor emprego da minha vida”), ele menciona que as pessoas lhe perguntam sobre qual tipo carro dirige ou de que estilo de música ele gosta, mas nunca sobre como equilibra os papéis de pai e CEO.
Schireson tem três filhos (de 9, 12 e 14 anos) que vivem com sua esposa em Palo Alto, Califórnia, nos EUA. A maioria das atividades da MongoDB, porém, são baseadas em Nova York, e por conta disso, ele precisa viajar constantemente entre as duas cidades. “Durante essas viagens, tenho perdido muitos momentos de diversão da minha família, e talvez mais importante que isso, eu não estava com as minhas crianças quando nosso cachorro foi atropelado por um carro ou quando meu filho precisou de uma cirurgia (pequena, bem-sucedida e, é claro, não esperada)“, comenta Schireson.
Ele confirma que passará o comando da companhia para outra pessoa e que estará ao lado desse profissional para ajuda-lo no que for preciso “em tempo integral, mas não em tempo integral louco“.
Eu reconheço que ao escrever isso devo estar me desqualificando para um papel de CEO no futuro. Isso vai me custar dezenas de milhões de dólares um dia? Talvez. Mas a vida é feita de escolhas. Agora, eu escolhi passar mais tempo com a minha família e estou confiante de que posso continuar tendo uma atuação significativa e gratificante no trabalho fazendo isso. No princípio, pareceu uma escolha difícil, mas quanto mais eu abraço essa escolha, mais convencido eu estou de que ela é a certa“.

Adaptado da Matéria “Conheça o CEO que abandonou o posto para ser um pai melhor” do Portal exame.com. Colaboração Paulo Alvarenga (PA)

Como mencionou Disraeli, “A vida é muito curta para ser pequena”, e cada ser humano é quem decide se ela será grande ou pequena de acordo com a maneira que vive e prioriza aquilo que é mais importante para si.
Neste caso, não existe certo ou errado, mas existe “alinhado” e “desalinhado”. Alinhado é quem vive de acordo com aquilo que acredita. Max Schireson tomou uma decisão difícil para alinhar-se com o que acredita e, apesar do custo financeiro que essa decisão possa lhe trazer, ele tem plena consciência de que nenhum dinheiro no mundo pode comprar aquilo que é mais importante para sua vida: as pessoas que ama.
Dentro desse contexto, vale refletir sobre o trabalho de Bronnie Ware, uma enfermeira que durante anos cuidou de pacientes no leito de morte, e escreveu o livro “Os Cinco Maiores Arrependimentos antes de Morrer”, que são estes:

1. Queria ter aproveitado a vida do meu jeito e não da forma que os outros queriam

O arrependimento mais comum de todos. Segundo Bronnie, quando as pessoas percebem que sua vida chegou ao fim, fica mais fácil ver quantos sonhos elas deixaram para trás. “A saúde traz uma liberdade que poucos percebem que possuem, até que a perdem”.

2. Queria não ter trabalhado tanto

Bronnie conta que esse desejo era comum a todos os homens que ela atendeu. Eles falam sobre sentir falta de ver as crianças crescendo ou da companhia de sua esposa. Isso não quer dizer que as mulheres não apresentem a mesma queixa, mas como a maior parte das pacientes da enfermeira são de uma geração mais antiga, nem todas precisavam trabalhar para sustentar a família.

3. Queria ter falado mais sobre meus sentimentos

Para viver em paz com outras pessoas, muita gente acaba suprimindo seus próprios sentimentos. De acordo com a enfermeira, alguns de seus pacientes até desenvolveram doenças por carregar esse rancor e esse ressentimento e nunca falar sobre o assunto.

4. Não queria ter perdido contato com meus amigos

“Todos sentem falta dos amigos quando estão morrendo”, afirma Bronnie. Segundo ela, muitas pessoas não percebem que sentem saudades dos amigos até as semanas que precedem sua morte.

5. Queria ter me permitido ser feliz

De acordo com Bronnie, muitas pessoas só percebem no fim que a felicidade é, na verdade, uma questão de escolha. “O medo de mudar fez com que eles fingissem para os outros e para eles mesmos que eles estavam satisfeitos quando, no fundo, tudo o que eles queriam era rir e ter mais momentos alegres”.

A vida é uma série de escolhas, por isso, escolha conscientemente, escolha sabiamente, escolha honestamente, escolha ser feliz.

livro3a-capa-site


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

.

Um grande abraço,

Marco Fabossi

Inscreva-se no Blog da Liderança
.
Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
Um dos Melhores Livros de Liderança do Brasil
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Líder do Futuro – Artigos sobre Liderança
Artigos sobre Liderança dos Consultores da Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil.
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos sobre Liderança e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching:
Os Melhores Textos sobre Liderança

6 Respostas até agora.

  1. ivone toledo kott disse:

    É exatamente essa escolha que vou fazer, viver mais com minha família, trabalhar menos.
    Obrigada Deus te usou para me dar o recado.

  2. Aurélio de Oliveira disse:

    Fabossi,

    Gostaria de agradecer por sua generosidade e o desprendimento em dividir textos de grande sabedoria e grande abrangência.
    Obrigado, obrigado e obrigado.
    Forte abraço.

  3. DEISE GONÇALVES DA SILVA disse:

    Lindo texto.Linda reflexão.
    Por vezes é difícil abrir mão de sonhos e ate mesmo de rotinas tão bem estabelecidas ,porém muitas dessas mudanças são necessárias para que tenhamos qualidade na nossa vida.
    Existem situações,momentos que ao perde-los realmente nunca poderemos recuperá-los.
    Como diz o livro do Roberto Shinyashiki ” o sucesso é ser feliz”!
    Obrigado por esse texto.

  4. Sérgio dos Santos Lima disse:

    Muito bom. Vou dar mais valor aos momentos que paço com a minha família.

  5. Nilda disse:

    Priorizar momentos preciosos, como esses citados no texto, com certeza não tem preço. A graça da vida é saber como utilizar o tempo que Deus nos dá. Só depende de como queremos viver. Com ou sem qualidade de vida.
    Esse texto é uma ótima reflexão!

    Nilda

  6. Marilia Floresta disse:

    Lindo texto, Fabossi! Obrigada!
    Esse texto está muito alinhado com minha maneira de pensar e minhas últimas decisões!
    Muito bom!