• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Por que ele, e não eu? (Liderança)

Postado por Marco Fabossi fevereiro - 7 - 2010 10 Comentários
Carlos trabalha na empresa há 15 anos. É um funcionário dedicado, e muito orgulhoso por ser um dos primeiros colaboradores da organização. Apesar disso, ele passa por um momento profissional delicado. Ele não consegue entender porque o João, que tem apenas 1 ano de empresa, foi promovido recentemente, e já ganha o mesmo que ele. Um absurdo!
Foi então que Carlos decidiu “reclamar seus direitos”, e foi falar com o Sr. Alberto, seu chefe:
– Sr. Alberto, preciso conversar com o senhor sobre algo muito importante. O João trabalha aqui há apenas 1 ano, já foi promovido, e está ganhando o mesmo que eu, que trabalho aqui desde o começo desta empresa, há mais de 15 anos. Eu sempre fiz tudo certinho, nunca me atraso, e sempre faço o que senhor manda. Eu é que estava contando com um aumento de salário, mas foi o João, que nem bem chegou, que foi promovido e já está ganhando o mesmo que eu! O senhor acha isso correto?
O Sr. Alberto pensou um pouco e respondeu:
– Carlos, no próximo mês eu pretendo reunir todos os vendedores para um treinamento, e quero que façamos um coffee-break diferente, apenas com frutas e sucos naturais. Me faça um favor: pegue a lista de frutas e quantidades com minha secretária, e veja o que consegue negociar com o supermercado vizinho. Veja se eles têm o que precisamos, os preços, etc. Assim que tiver as informações, voltamos a conversar, ok?
Carlos não perdeu tempo. Pegou a lista com a secretária, foi correndo ao supermercado que ficava bem em frente ao escritório, e 1 hora depois voltou dizendo:
– Sr. Alberto, eu fui até o supermercado aí em frente, e eles não têm todas as frutas da lista. Eu perguntei para a pessoa que estava fazendo a reposição, e ela disse que a cada semana eles recebem tipos de frutas diferentes, por isso não dá pra garantir que eles terão as frutas que pediu para semana da reunião. Acho que não vai dar certo não.
O Sr. Alberto agradeceu, e pediu para que Carlos aguardasse um pouco, chamou o João, e pediu a ele exatamente o que havia pedido ao Sr. Alberto. Enquanto o João foi ao supermercado, ele e Carlos ficaram conversando sobre a história e os velhos tempos da empresa, mas em apenas 25 minutos o João retornou, e disse:
– Sr. Alberto, desculpe a demora. Conversei com a gerente do supermercado, e ela não pode garantir que as frutas que precisamos estejam disponíveis na semana da reunião. Por isso, fui ao supermercado que fica na rua detrás. Lá consegui o compromisso do gerente de que teremos todas as frutas para nossa reunião. Aqui está a lista de preços: a Banana custa R$ 5.00 a dúzia, a Laranja R$ 10,00 o saco com 24 unidades, mas eles podem entregar descascadas por R$ 15,00. Bem, os preços são melhores que os do outro supermercado, e ainda consegui um desconto de 15% por causa da quantidade. Por favor, apenas confirme se está de acordo para que eu possa confirmar o pedido. No dia da reunião, a entrega será feita bem cedinho, e eu mesmo estarei aqui para receber e conferir a mercadoria.
O Sr. Alberto então agradece ao João, diz que falará com ele depois, e olha para o Carlos que continuava aguardando em sua sala, e diz:
– Muito bem Carlos, sobre o que mesmo estávamos conversando?
E Carlos respondeu:
– Nada não Sr. Alberto, nada mesmo.
.
Não existe evolução sem mudanças. Resultados diferentes somente serão alcançados com atitudes diferentes.
.
Clique aqui e veja outros textos do Blog do Fabossi
.
Um grande abraço,
.
Marco Fabossi
.
Saiba mais sobre o trabalho de Coaching, Palestras e Desenvolvimento de Liderança de Marco Fabossi em www.marcofabossi.com.br
.
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em www.coracaodelider.com.br
.
Vídeos sobre Liderança e Motivação: www.youtube.com/blogdofabossi


10 Respostas até agora.

  1. SHIRLEY disse:

    Oi Marco…
    nao sei como, nem pq o teu textos tem chegado ao meu email, mais o certo e q gosto muito deles… e sempre me senti uma lider nata..rs
    mais depois deles tenho visto q a cada dia tenho muito a aprender…eu vivo nos states em New Jersey, e tenho tido um grande problema em administracao de tempo…me perco em coisas, pensamentos e atos q me consomem..rspreciso melhorar e priorizar…pode ajudar com algum comentario..Abracos
    Shirley

  2. BOA NOITE
    Marco
    É um prazer, estar de volta depois de merecidas férias de aula,eu vivi a mesma história na Empresa em que trabalho. O dono da Empresa sempre me cuidando, de longe, me observava, certo dia a lider iria pegar férias, e todos do cetor comentavam:quem será que ficará no lugar dela? eu imaginava um destes de 15 anos ou + ou -, eu sempre muito polêmica e questionadora,um dia o patrão me chamou e eu fiquei apavorada e lhe perguntei:o que tinha feito de errado? e ele calado.Chamou a lider tbém e disse: sentem. Sentamos, pra minha surpresa e dela, ele disse: vc vai ficar no lugar dela. Questionei: mas sr. e os outros, que dirão? e ele respondeu:vc está preparada pra assumir o cetor, estou lhe observando a tempo, e eu e minha esposa concordamos, que não importa o tempo de serviço, mas o teu desempenho com os colegas e carismas, e eu farei uma reunião e vou dizer, que vc tem a resposabilidade e competência pra ficar no lugar dela, não importando o tempo de firma.Pra encerrar, foi uma surpresa pra mim e pra todos e com muito questionamento;porque ela e não eu? e foi maravilhoso a minha liderança.
    Sempre bem vidos seus textos e sempre, tirando lisões e me identificando com eles.
    Abraço- CHAPECÓ-SC
    Terezinha fátima Ribeiro

  3. Hugo Moura disse:

    Gostei muito da hístoria, Queria que sempre que der me enviasse essas Historias !

  4. Antonio Sena disse:

    Realmente tiramos lições desta historia, devemos sempre analisar o que agregamos na empresa e quanto estamos comprometido com seus resultados, antes,de acharmos que merecemos.

  5. meiriluce disse:

    Sou coordenadora pedagógica e gostaria de receber outors textos de motivação e liderança.

  6. Glauco disse:

    Caro Marco,

    Li este texto há muitos anos atrás, num treinamento de liderança e ele ficou na minha memória, mas o original se perdeu com o tempo. Fiquei feliz que mais alguém o leu e o “preservou” na Internet. Você saberia quem é o autor desta pérola?

    Abrcs.

    • Marco Fabossi disse:

      Oi Glauco, bom dia.

      Obrigado pela participação no Blog. Infelizmente, também não sei quem é o autor da história… De qualquer maneira, o mais importante é que ela é muito boa!

      Abraços,

      Marco Fabossi

  7. Clara Anisia disse:

    Oi
    Adorei seu texto, adicionei no meu conceito de motivar
    obrigada

  8. ADELAIDE disse:

    ola

    Sou de PORTO ALEGRE e gostaria muito de receber esses textos pois repasso para meus colegas ….desde ja obrigadao
    adelaide