• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Por que os Líderes falham?

Postado por Marco Fabossi março - 26 - 2016 1 Comentário

lideresfalham  A Kodak demorou a embarcar na onda da fotografia digital porque seus líderes se recusaram olhar para o que estava acontecendo do lado de fora das portas de seus escritórios. A Xerox, por falta de visão e interesse de seus líderes num computador com interface gráfica para o usuário, deixou que os funcionários da Apple visitassem e copiassem sua tecnologia. Onde está a Xerox? E a Apple?
Estas e muitas outras organizações que passaram por situações semelhantes, eram lideradas por pessoas muito inteligentes, com grandes acertos em suas carreiras. Mas o que aconteceu então?
Sydney Finkelstein, professor na Darthmouth’s Tuck School of Business, passou seis anos buscando uma resposta para essa pergunta. Ele e seus colegas estudaram 51 das falhas mais famosas do mundo dos negócios, entrevistando CEOs e pessoas de todos os níveis. Finkelstein buscou conversar e entender os funcionamentos internos de cada negócio, explorar as mentes dos principais executivos e descobrir o que os levou a tomar decisões equivocadas.
Ele descobriu que as decisões fracassadas que esses líderes inteligentes tomaram, intencionais ou não, seguiam um padrão claro de comportamento que levou empresas, ainda que muito próspera, à ruina, e aqui temos o que estes líderes, segundo a pesquisa, tinham em comum:

Eles se viam e viam suas empresas como intocáveis
Não há nada de errado em orgulhar-se do sucesso, mas estes líderes foram longe demais. Eles se tornaram tão apaixonados por suas próprias ideias, que não acreditavam que seus competidores podiam alcançá-los, que as circunstâncias podiam mudar e que qualquer obstáculo pudesse surgir. Essas falsas e egocêntricas expectativas os levaram ao fracasso. Por isso, líderes precisam continuamente aproveitar os bons momentos (e os maus também) para questionar o status-quo e rever suas posições.

Eles não sabiam onde começava e terminava a empresa
Estes líderes eram tão obcecados pela imagem da empresa e estavam tão ocupados buscando ser o rosto dela, que não tinham tempo para conhecê-la e liderá-la efetivamente. Isso não apenas acarretou estagnação, mas também gerou desonestidade e corrupção. Um líder que pensa e se comporta assim, tentando blindar sua própria imagem e a da empresa, está propenso a esconder qualquer coisa que possa comprometê-las, sejam números, erros, produtos defeituosos ou outras coisas que possam arranhar sua reputação.

Eles se viam como a pessoa mais inteligente da Empresa
Eles sabiam que eram muito inteligentes, e estavam tão convictos disso, que a opinião e sugestões dos outros eram desnecessárias. Eles tomavam decisões rapidamente e ignoravam perguntas quando eram questionados. Essa postura pode até transmitir a imagem de um líder forte, mas aumenta significativamente as chances de fracasso, por isso, expor ideias, conversar sobre elas, discuti-las, permitir-se ser questionado e ouvir as pessoas é muito importante na liderança.

Eles estavam rodeados de homens e mulheres “sim”
Estes líderes confundiam lealdade com apoio irrestrito e irracional. Em outras palavras, leais eram os que concordavam com eles, fazendo silenciar as vozes daqueles que poderiam, de alguma forma, ajudar a empresa prosperar. Líderes que consideram desacordos como sinal de deslealdade, eliminam a possibilidade de que alguém levante o sinal de aviso, por isso, na liderança é preciso estar aberto a ouvir “não” e receber feedbacks, porque os tapinhas nas costas podem até alimentar o ego, mas não o ajudarão a descobrir o que pode melhorar.

Eles passaram direto pelos sinais vermelhos e placas de aviso
Estes líderes estavam tão enamorados por suas visões pessoais que estavam dispostos a dirigir sua empresa até um penhasco para alcançá-las. Muitos deles solicitavam contribuições e sugestões, mas não conseguiam tirar o pé do acelerador. A persistência é uma grande qualidade do líder, mas de que adianta correr na direção errada? Melhor seria caminhar na direção certa! As pessoas se comprometem com aquilo que ajudam a criar, portanto, uma visão solitária, não compartilhada, prejudica o engajamento das pessoas e aumenta o risco de encontrar um abismo pela frente.

Eles confiaram muito no que funcionou antes
Estes líderes entendiam que o sucesso do passado, se repetiria automaticamente no futuro. Eles se ancoraram em momentos “pivô” de suas carreiras e tentaram continuamente reproduzi-los, até mesmo quando os estágios anteriores não faziam mais sentido. Aprender com sucessos e fracassos pode ajudar, mas o passado não deveria ser a força motriz do futuro, caso contrário, nossa única certeza é que teremos um bom passado pela frente. Por este motivo, líderes eficazes estão constantemente buscando aprender com o passado, mas adaptando-se ao presente e futuro.

Conclusões
A pesquisa de Finkelstein mostra que a maioria dos fracassos na condução de negócios pode ser evitado, e que líderes verdadeiramente inteligentes são aqueles que deixam o ego de lado, olham com profundidade e desprendimento para o seu próprio comportamento, buscam conhecer o negócio, cercam-se de pessoas que podem falar o que pensam, criam relações de confiança, ouvem sugestões e opiniões, buscam antecipar e corrigir potenciais problemas, e agem com transparência.
Essa pesquisa teve seu foco em líderes de negócios, contudo, os mesmos princípios se aplicam a lideres de qualquer nível da hierarquia. Da mesma maneira que esses líderes conduziram suas organizações ao fracasso, um líder pode fazê-lo em sua área, departamento, loja, unidade de negócio ou qualquer outra divisão que esteja liderando, caso replique esses comportamentos, por isso, reflita se algum deles tem feito parte do seu dia a dia como líder e corrija-os, caso necessário.

Um Grande Abraço

Marco Fabossi

Leia também:
O Poder do Autocontrole

livro3a-capa-site

 


Coração de Líder
A Essência do Líder-Coach
3a Edição - Revisada e Ampliada

Agora também em Áudiolivro

Clique e Adquira o seu Livro ou AudioLivro

 

Inscreva-se no Blog da Liderança e receba semanalmente os textos de Marco Fabossi
 
.Marco Fabossi
Marco Fabossi é Sócio-Diretor da Crescimentum, a mais completa empresa de formação de líderes do Brasil.
Crescimentum – Alta Performance em Liderança
.
Livro Coração de Líder
Adquira o livro Coração de Líder – A Essência do Líder-Coach em
coracaodelider.com.br
 
Os Melhores Livros de Liderança dos Últimos Tempos
Conheça os melhores Livros de Liderança
 
Artigos sobre Liderança dos Consultores Crescimentum
Artigos sobre Liderança
 
Líder do Futuro
O melhor programa de formação de líderes do Brasil
Líder do Futuro – A Transformação em Líder-Coach
.
Vídeos sobre Lideranca e Motivação
Vídeos – Liderança e Motivação
 
Blog da Liderança
Textos sobre Liderança, Motivação, Trabalho e Equipe e Coaching
Os Melhores Textos sobre Liderança
 
 

Uma Resposta até agora.

  1. livia disse:

    Assunto muito bom, escolhi para o tema da minha monografia : A influencia do lider no clima organizacional , voltado a motivação . Acho que vai ser interessante
    🙂